The EP Experience, now on Patreon!

Hello, everyone!

To adjust myself to the growing demands of my audience, this amazing community that has grown around the blog, I’ve decided to help you have some voice and input in the blog by becoming my patrons – Patreon is an amazing platform that allows creators to get paid to do what they love most, only better, faster and with more resources with the help of their followers!

Please help me grow the blog (and in turn help you in your studies) by becoming patrons of The EP Experience! The blog’s page can be found under https://www.patreon.com/europeanPT.

Obrigado a todos!

Luís

Patreon

Advertisements

My Very Own EP Experience: Yuliya’s Story

Não vou escrever por que razão eu comecei a aprender o português. Isto é uma história separada e longa bastante. Esta vez vou falar como é aprender o português na Rússia. A minha cidade é terceira no país em termos de dimensão populacional, mas só há uma escola da língua portuguesa aqui. Para ser mais preciso é um centro da língua e cultura portuguesa. Porque a nossa professora é uma pessoa muito apaixonada por Portugal. Ela não só nos ensina a língua mas também fala muito sobre cultura, história e tradições de Portugal.

Continue reading

Introducing Your Very Own EP Experience!

Hello, everyone! I hope you’re having a great week! (:

As an effort to make the blog more interactive and lively, I’d love to give all of my readers an opportunity to be a part of the blog!

Hence the idea of creating a section of the blog where you can share your experiences with Portuguese learning and Portuguese culture; you could write blog entries about your language learning progress, a certain aspect of Portuguese culture/language you find interesting or about a recent or not so recent trip to Portugal you might want to share with everyone: as long as you write it respectfully (even criticism), my only job will be to proofread and host your stories. If you have your own WordPress account, I can add you as featured writers on the blog! (:

Continue reading

EP word of the week (#150): liberdade

Hoje, dia 25 de abril, celebra-se o dia do golpe de Estado que, em 1974, terminou com uma ditadura de 48 anos e deu aos portugueses a liberdade e a esperança de que tanto precisavam.

Muitas coisas mudaram desde então, a grande maioria para muito melhor, mas a conquista mais importante de Abril foi mesmo esta: a liberdade de poder dizer o que se quer, de nos podermos reunir e discutir ideias e projetos de sociedade diferentes, a recusa de propostas autoritárias e a exaltação dos Direitos Humanos e da dignidade da pessoa humana.

1024px-25_de_abril_sempre_henrique_matos

Continue reading

EP idiom of the week (#149): amigo da onça

Já alguma vez conheceram uma pessoa que, com o tempo, acharam que se tinha tornado vossa amiga para depois perceber que talvez não fosse esse o caso, alguém que vos engana, que é falso ou que não se preocupa verdadeiramente convosco?

Acho que todos nós já passámos por este tipo de experiências; felizmente em português existem umas quantas formas de nos referirmos a este tipo de “amigos”!

Uma das mais populares é [o] amigo / [a] amiga da onça; [a] onça é o nome dado pelos brasileiros ao jaguar, um animal felídeo aparentado ao leopardo. Segundo alguns artigos brasileiros, a expressão teve origem numa história popular/anedota e depois popularizada por uma personagem do famoso (no Brasil) comediante Péricles.

onc3a7a

Continue reading

Vocab Expansion (#1): 7 essential verbs derived from ter

The verb ter (to have) is so important in Portuguese that it’s used to form other verbs; these verbs are conjugated in the same way as the verb they originate from – since ter is a bit irregular, you should drill those conjugations before applying them to these new verbs. 

So, here’s a list of 7 essential verbs derived from ter (in alphabetical order) to enhance your vocabulary:

1. abster-se

Meaning: to abstain, to refrain from doing something

Sentence: Eu abstive-me de votar nas últimas eleições. I abstained from voting in the last election.

Continue reading

EP word of the week (#148): fatura

A Palavra da Semana de hoje é talvez uma das mais comuns na vida quotidiana de um português ou de uma portuguesa. [A] Fatura é um bilhete (um pedaço de papel) que certifica uma compra que tenha sido feita com o uso do número de identificação fiscal / número de contribuinte de quem a fez.

Como podem compreender, isso é importante em termos fiscais para que o Ministério das Finanças possa conhecer os gastos de cada pessoa; para cada cidadão, a contabilização das faturas pode ser utilizada para ganhar vantagens fiscais, incluindo a reposição de algum do dinheiro gasto (dependendo dos rendimentos de cada um). Para muitas pessoas de classe média e baixa, o dinheiro ganho através da redistribuição permitida pelo Imposto de Rendimento de Pessoas Singulares (IRS) é essencial para reequilibrar as suas contas ou para poupar mais algum dinheiro. Para o Estado, é uma forma de controlar as fraudes de rendimentos e de redistribuir o dinheiro coletado por pessoas com maiores necessidades.

imagem-colhida-de-fatura-calculadora-do-homem-de-negc3b3cios-na-mesa-40191346

Continue reading

EP expression of the week (#147): Onde está[s]?

A Expressão da Semana de hoje é muito comum, como já podem ter percebido! E é especial pela grande diferença entre a forma portuguesa (de Portugal) e a brasileira.

Estou a falar da expressão “Onde está[s]”, utilizada quando se quer saber onde [em que lugar no espaço] algo ou alguém está. Uma construção perfeitamente normal, presente em muitíssimas línguas, sendo que grande parte das línguas indo-europeias utilizam uma forma dos verbos copulativos de espaço (estar to besein – zijn – essere/stare…) para a expressar.

bjogl
Capa do DVD português do filme O Brother, Where Art Thou? (2000), dos Irmãos Coen. No Brasil, o título do filme é E Aí, Meu Irmão, Cadê Você?

Continue reading

Ask Luís! (#16): European Portuguese books online

Hello, everyone!

Here’s a new question, courtesy of Jamie Skinner:

Olá Luís!

I have been learning Portuguese for about 3 months now. I study really hard…. But I wanted to find some books to read on the kindle store.

All I can find for language learners is Brazilian Portuguese short stories. Do you happen to know any beginner/intermediate level Portuguese books?

Thanks

Jamie

Continue reading

EP word of the week (#146): pechisbeque

Bom dia a todos! Espero que tenham tido uma ótima semana (e que esta, que já vai a meio, esteja a ser igualmente boa).

Nesta quarta-feira de fim de Março, trago-vos uma palavra que poderão ouvir na rua, especialmente junto a feiras e mercados de artesanato, e na sua maioria por pessoas com maior idade. Estou a falar de [o] pechisbeque (nome e/ou adjetivo), um utensílio ou coisa de pouca qualidade ou sem grandes utilizações práticas (trinket em inglês).

pechisbeque

Continue reading

EP idiom of the week (#145): cascos de rolha

Quando chega a primavera, é normal que as pessoas tenham maior tendência para querer passar mais tempo fora de casa. Ainda que não nos possamos queixar do nosso clima (é possível ter várias semanas de inverno relativamente amenas e sem chuva e igualmente algumas semanas bastante chuvosas na primavera), o ciclo de reflorescimento da natureza e a aproximação ao Verão deixa os portugueses geralmente mais bem-dispostos e dispostos a passear!

Alguns decidem ir para lugares longínquos e/ou inauditos (ou seja, longe do sítio onde vivem e/ou sítios de que nunca ninguém ouviu falar). Felizmente, a língua portuguesa tem uma série de expressões para esses sítios longínquos! Uma delas é “cascos de rolha” (rolha é aquilo que se coloca numa garrafa para impedir que saia o que está lá dentro), e outras incluem “o bilhar grande e “para lá do sol posto“.

champagne-cork-1350404_960_720

Continue reading

EP idiom of the week (#144): vir à baila

Ora aqui está uma expressão bastante gira e que pode ser muito utilizado num registo mais coloquial e popular!

Vir à baila (ou trazer à baila) significa “ser mencionado, referido em conversa”; basicamente, sempre que algum assunto, pessoa ou situação específica são referidos numa conversa ou discussão, diz-se que “veio à baila” ou “foi trazido à baila”.

Baila aqui significa enumeração, menção (não tem nada a ver com [o] baile, a dança).

trazer-a-baila

Continue reading