EP words of the week (#142): pionés / percevejo

De volta às Palavras da Semana depois de um hiato de três semanas em que falámos só de expressões, falo-vos hoje de um outro utensílio de escritório que, tal como o x-ato, têm nomes diferentes em Portugal e no Brasil.

Estou a referir-me àquilo que em Portugal chamamos de [o] pionés (pl. [os] pioneses), pequenos utensílios com uma peça de plástico ligada a uma ponta de metal utilizada para pregar papéis e cartolinas a paredes, cortiça, madeira, etc. O termo provém do francês punaise.

Continue reading

Advertisements

EP idiom of the week (#141): falar chinês

Como já puderam perceber, muitas destas expressões idiomáticas ligadas a certos países, línguas ou nacionalidades apropriam-se de certos estereótipos para fazer uma ponte entre a identidade de uma dada cultura e a de quem está a falar. Se aos franceses se associa o esbanjamento e o hedonismo e aos gregos a dificuldade hercúlea de fazer qualquer coisa, o que é que se podia associar aos chineses?

Em primeiro lugar, o facto da língua ser tão diferente que é indecifrável sem algum estudo! É por isso que “falar chinês” (ou uma situação “ser chinês/chinesa para” significa não perceber nada, não compreender uma dada conversa ou situação. Quem fala chinês supostamente fala algo incompreensível, e por vezes algumas conversas em português podem ser igualmente indecifráveis (basta colocarem um grupo de engenheiros e de cientistas sociais na mesma sala para perceberem que ninguém se entende!).

chines02
Falar chinês. Fonte: Chineasy

Continue reading

EP idiom of the week (#140): ver-se grego para

Afastando-nos da Europa Ocidental para dar uma passeata pelas Ilhas Gregas (porque todos merecemos uma pausa!), encontramos aqui a segunda das três expressões idiomáticas de que vos falei.

Ver-se grego para [+ verbo]” significa fazer algo com muita dificuldade, terminar uma atividade ou resolver um problema com imenso esforço. A origem desta expressão passa ou pelas dificuldades que os intelectuais ocidentais sempre tiveram na aprendizagem da língua grega, e na posterior associação da palavra grego a algo diferente do habitual, difícil de compreender (e logo estranho).

santorini-ilha-grecia-0617-1400x800

Continue reading

EP idiom of the week (#139): para inglês ver

Hoje e nas próximas duas semanas, apresentar-vos-ei três artigos com expressões idiomáticas utilizadas pelos portugueses e associadas a nacionalidades, tal como “à grande e à francesa”.

A expressão de hoje, “para inglês ver“, significa fazer algo só por aparência, ou fazer um trabalho, atividade ou tarefa sem muita convicção ou empenho, focando as atenções nas aparências; também se utiliza quando se faz algo que tem pouca utilidade para as pessoas que nos rodeiam, mas que serve para impressionar alguém fora no nosso círculo habitual.

para_ingles_ver
Para inglês ver. Fonte: Teclasap.com.br

Continue reading